Querido Diário…

Hoje eu tive a companhia de mim mesma. É bom para variar um pouco. Coloquei uma roupa, passei rímel e batom e fui ao cinema. Andei pela rua com a minha companhia, me achando uma mulher independente e feliz.Tinha várias pessoas na rua e dava vontade de sorrir pra elas.
O cinema estava cheio. O casamento de Rachel às 21h40. Era 21h02, tinha que esperar. Então fui no caixa eletrônico ter certeza do que eu já sabia: não tinha quase nada de dinheiro.
Voltei pro cinema, comprei uma água e fui esperar. Fiquei sentada no banquinho de madeira perto da sala. Do meu lado foram chegando casais, uma família e outras pessoas que eu nao lembro. Cada um com sua companhia. Mas estar sozinha ainda era bom. A sala abriu, as pessoas foram entrando. Escolhi a fileira que tinha uma menina sozinha e sentei lá pro meio. Fui olhar que horas eram e aproveitei pra apagar as mensagens velhas que estavam ocupando espaço.
O filme foi legal. Mas estava esperando bem mais e como é de praxe, dei uma choradinha básica em algumas partes. Mais pro final eu estava um pouco cansada e a tiara vermelha da Julia estava me dando dor de cabeça.
Na volta me senti um pouco sozinha e quando estava esperando para atravessar a rua pensei que é bom ter uma (boa) companhia pra falar bobagem ou ficar em silêncio, mas naquela hora eu estava feliz em estar comigo mesma e pensei também que eu deveria fazer isso mais vezes.
Advertisements
Querido Diário…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s